Mitos e verdades da aula de step



O step inclui-se no grupo das modalidades que desenvolvem a resistência cardiovascular. Trata-se de uma alternativa interessante à aeróbica, com a qual apresenta algumas semelhanças. Pratica-se com a ajuda de um pequeno banco, cuja altura varia consoante a resistência do praticante, sobre o qual são executados os exercícios. A este banco dá-se o nome de bench-step, step-training ou bench-fitness.

Vamos ver alguns mitos e verdades que envolvem esta prática.

Aula de Step causa lesões: MITO

Uma aula de step bem conduzida, por um profissional que conheça as características da aula de step, que envolvem os movimentos, a música e a altura do degrau, não causa lesões.

Aula de Step ajuda a emagrecer: VERDADE

Quando bem conduzida e adequada ao nível de condicionamento, principalmente no que diz respeito à coordenação motora do aluno, a aula de step é uma excelente forma de queimar calorias e ajudar no emagrecimento.

Quanto mais rápida a música melhor é a aula: MITO

Acelerar a música não torna a aula melhor, nem tão pouco mais difícil. Apenas faz com que os movimentos sejam executados de forma incompleta e sem segurança. Lembra das lesões, um dos fatores que podem acarretar lesões é o uso de música muito rápidas.
Muitos alunos acham as aulas com música mais lenta entediantes, uma forma de tornar essas aulas mais desafiadoras é através da combinação dos movimentos e o uso dos braços na coreografia. O recomendado pela Rebook University é usar uma música entre 128 e 134 BPM, embora grande parte dos professores insista em usar músicas acima dos 140 BPM.

Aula de Step é muito difícil: MITO

Desde quando subir e descer degraus é difícil? O que temos são bons e maus profissionais ministrando aulas de step. Definitivamente o bom profissional não é aquele que cria uma coreografia complexa, repleta de giros e que só pode ser acompanhada por alunos experientes. O bom profissional é aquele capaz de adequar sua aula ao nível dos alunos que estão participando dela e através de progressões levá-los a um patamar acima. Lembrando que isso não acontece em uma aula apenas, é um processo.

Aula de step faz bem para o coração: VERDADE

A aula de step é um excelente exercício cardiovascular. Uma aula bem conduzida, sem interrupções, é capaz de elevar a frequência cardíaca melhorando o condicionamento físico.

Aula de Step previne varizes: VERDADE

As varizes são causadas por um mal funcionamento nas válvulas que ajudam o sangue a retornar ao coração. A musculatura das panturrilhas é fundamental para auxiliar o bombeamento do sangue de volta ao coração. No step, o movimento de subir e descer do degrau, fortalece essa musculatura, favorecendo a melhora da circulação. Se você já sofre com varizes, consulte seu médico antes de iniciar esse tipo de exercício.

Quanto mais alto o step, melhor: MITO

Um step mais alto, significa um esforço maior, o que fará com que seu coração trabalhe mais. Pode ser uma boa forma de aumentar o nível de dificuldade da aula e melhorar o condicionamento de pessoas que já são bem condicionadas, mas essa altura tem limite. Ao mesmo tempo que um degrau maior representa um esforço maior para o coração, é também maior o esforço das articulações envolvidas no movimento de subir e descer, principalmente do joelho.